O El Clásico joga-se este Domingo em Directo e em Alta Definição na Eleven Sports

By March 1, 2020LaLiga
El Clásico

O El Clásico, o maior jogo do futebol espanhol, joga-se em Directo e em Alta Definição na Eleven Sports, Domingo dia 1 de Março, às 20h00.  Os blaugranas de Quique Setién são líderes do campeonato com 55 pontos, mais dois que os merengues de Zinedine Zidane. Este é o primeiro El Clásico de Setién e poderá ser o jogo decisivo na luta pelo título.

O técnico do Real Madrid já participou em oito Clásicos, vencendo três, empatando três e perdendo dois. No primeiro clássico da temporada o Barcelona, ainda com Valverde, terminou o jogo em Camp Nou com um empate a zero golos.

Aqui ficam alguns dados estatísticos e curiosidades sobre o grande jogo da LaLiga: O El Clásico entre Real Madrid e Barcelona.

Hat-tricks: Houve 28 Hat-tricks no El Clásico, com o francês Jim Carlier a fazer o primeiro em 1913 e o uruguaio Luis Suárez a marcar o mais recente. Quatro jogadores marcaram dois hat-trick no El Clásico – Santiago Bernabéu (Real Madrid), Jaime Lazcano (Real Madrid), Ferenc Puskas (Real Madrid) e Lionel Messi (Barcelona). O último jogador do Madrid a marcar três vezes contra o Barcelona foi Iván Zamorano em 1995.

Histórico de todos os tempos: o jogo deste Domingo é o 277º Clásico em todas as competições, com o Barcelona a segurar a vantagem geral com 115 vitórias sobre as 99 do Real Madrid (62 Clásicos terminaram com empate). Na LaLiga, o placar atual é de 72 vitórias para cada uma das equipas, pelo que este Domingo uma das equipas também pode assumir a liderança nesta tabela. Em termos de gols na LaLiga, os 5 – 0 sobre o Eibar pelo Barça no último fim de semana significam que os visitantes são atualmente os maiores goleadores da história da LaLiga, com 6.151 golos contra os 6.150 do Real Madrid.

Maiores vitórias: A controversa vitória do Real Madrid nas meias-finais da Copa, em 1943, por 11-1, continua a ser a maior margem de vitória da história do El Clásico, embora a questão se deve ou não contar esteja em aberto, já que o Barcelona efetivamente ficou parado e protestou contra o que consideravam uma clara tendência pró-Madrid por parte dos árbitros. A maior vitória na LaLiga pelo Real Madrid foi por 8-2 em 1935, enquanto o Barça tem como recorde a vitória por 7-2 em 1950. O El Clásico terminou por 5 – 0 em sete ocasiões, a primeira vez em 1935, com vitória do Barcelona em casa, e a mais recente em 2010, com José Mourinho a comandar os merengues, a perder em Camp Nou.

Melhores goleadores: Messi lidera as tabelas de pontuação e é improvável que alguém ultrapasse os 26 golos do argentino no El Clásico em todas as competições. Alfredo Di Stéfano e Cristiano Ronaldo lideram, pelo Real Madrid, com 18 golos cada. Os únicos jogadores de ambos os lados a marcar oito ou mais golos são Karim Benzema (9) e Luís Suárez (11).

Mais vitórias consecutivas: o domínio de Pep Guardiola sobre o Real Madrid levou a cinco vitórias consecutivas do actual técnico do Manchester City entre 2008-10, enquanto Miguel Muñoz levou o Real Madrid a sete vitórias consecutivas entre 1962 e 1965. O Barça detém o recorde de maior número de jogos ganhos de seguida , 24 entre 2011 e 2017.

Mudanças controversas: Alfonso Albéniz foi o primeiro jogador a mudar-se entre os dois clubes em 1902, transferindo-se do Barça para o Real Madrid, e Luciano Lizarraga foi o primeiro a seguir o caminho contrário em 1905. Talvez o mais controverso tenha sido Luís Figo, que saíu do Barcelona e se juntou aos merengues em 2000 e não foi facilmente perdoado na Catalunha pela mudança. O jogador mais recente a trocar de clube foi Javier Saviola em 2007. Um total de 39 jogadores representaram as duas equipas.

Televisão: O El Clásico é o maior evento individual de futebol da televisão global, com o jogo de 2017 entre Barcelona e o Real Madrid no Santiago Bernabéu – imortalizado pelo golo de Lionel Messi aos 92 minutos – com uma audiência mundial estimada em 650 milhões de pessoas em 185 países.

Jogadores aplaudidos em Madrid: três jogadores do Barcelona receberam fortes aplausos no Santiago Bernabéu: Diego Maradona na Copa da LaLiga em 1983, Ronaldinho em 2005 e Andrés Iniesta em 2015.