UM MÊS DEPOIS A FÓRMULA 2 REGRESSA À PISTA

By June 18, 2019Fórmula 2

Passou um mês desde a visita da Fórmula 2 a Monte Carlo, talvez a pista mais imprevisível de todo o calendário e que permitiu o relançar do campeonato. Nick de Vries somou 31 pontos ao longo do fim-de-semana contra apenas dois do líder Nicolas Latifi, pelo que chega agora a Paul Ricard a apenas um ponto do comando.

Depois de um traçado em que o mínimo deslize é penalizado com um encontro com o rail, os pilotos vão agora para uma pista onde “tudo” é permitido, tal a dimensão das escapatórias.

No sul de França os candidatos deverão ser os habituais este ano. A Dams já mostrou competitividade em todos os circuitos e Latifi precisa de voltar a aumentar a vantagem na frente do campeonato, ao passo que Sérgio Sette-Câmara precisa de muitos pontos para reentrar na luta pelo título.

Nick de Vries ganhou em Paul Ricard uma das corridas no ano passado e vai certamente querer manter o nível apresentado em Monte Carlo para poder assumir o comando do campeonato. O problema para o holandês é que o seu companheiro na ART, Nikita Mazepin, não conseguiu ainda andar próximo da frente o que deixa de Vries entregue quase a si próprio.

Para esquecer foram os fins-de-semana de Jack Aitken e Luca Ghiotto em Monte Carlo. O britânico foi prejudicado na qualificação por duas vezes por Mahaveer Raghunathan e arrancou para as duas corridas fora do top ten, o que naturalmente o impediu de chegar aos pontos, até porque na corrida voltou a ser prejudicado pelo indiano. Agora é mais um que vai à procura de recuperar os pontos perdidos. Quem precisa de operação idêntica é Ghiotto. O italiano tem sido o mais rápido do campeonato, mas vários contratempos têm impedido de transformar essa rapidez em melhores resultados. Em Monte Carlo embora tenha garantido um lugar na primeira fila na qualificação acabou relegado para o final da grelha devido a uma irregularidade técnica no carro da Virtuosi.

Renascida pareceu a Carlin com os seus pilotos a garantirem dois segundos lugares, Matsushita na primeira corrida e Deletraz na segunda. Anthoine Hubert foi outros dos heróis no principado ao vencer a segunda corrida.

Como se percebe candidatos não faltam, numa pista que é um grande desafio ao nível das afinações, pois tem curvas para todos os gostos e a longa recta do Mistral, embora agora entrecortada com uma chicane a meio.

Os pilotos irão para a pista a primeira vez ao final da manhã (11h55) de sexta-feira para a sessão de treinos livres, enquanto a qualificação será às 15h55. Sábado a primeira corrida terá um total de 30 voltas com paragem obrigatória para troca de pneus e começa às 15h45. Domingo a segunda corrida com 21 voltas começa às 10h25.

Como sempre esperamos por si para nos fazer companhia ao longo do fim-de-semana e pela sua participação na #F2Eleven.