GUERRA PELO TRONO DO REY

By 24/05/2019LaLiga Santander

É já amanhã que a Eleven Sports transmite a final da Copa del Rey, pelas 20h, numa final que opõe Barcelona, bicampeão da LaLiga, ao Valência, em Sevilha, no estádio Benito Villamarín, naquela que será a 117ª final desta competição, mas a primeira neste palco. O ponto final da temporada do futebol espanhol naquela que será a derradeira batalha pelo trono do Rey.

Esta será a quarta final entre Barcelona e Valência, com os catalães a levarem vantagem com duas vitórias (1952 e 1971) enquanto o Valência levou a melhor em (1954). Como curiosidade, as duas vezes que os culés venceram, apenas o conseguiram no prolongamento. Este será um jogo especial para a equipa Che dado que celebra esta época o seu centenário e poder celebrá-lo com a Copa del Rey seria, sem dúvida, marcante.

Esta é a sexta final consecutiva do Barcelona, um ciclo que começou em 2013-2014, quando perdeu frente ao Real Madrid, seguindo-se quatro vitórias dos catalães. Caso vençam o Valência em Sevilha no dia 25, os blaugrana atingem a quinta Copa del Rey de seguida, superando o recorde que já é seu no âmbito desta série de quatro vitórias consecutivas, assim como o recorde de finais seguidas, que é agora de seis, pertença dos culés.

O Barcelona é o clube com mais vitórias na Copa del Rey, num total de 30, a que se juntam 12 finais perdidas. Esta será a sua 43ª final. O Real Madrid é a equipa mais próxima em termos de presenças na final, com 39, mas com apenas 19 vitórias, ficando aquém do Atlético de Bilbau, que com 38 finais, soma 24 vitórias. O Valência, por sua vez, é a quinta equipa com mais vitórias, sete, num total de 16 finais, tendo sido derrotado nove vezes. A sua última vitória foi em 2008, com Ronald Koeman no banco, quando bateu o Getafe por 3-1, curiosamente uma das equipas com quem lutou pelo acesso à Champions League na última jornada da LaLiga e sobre quem se impôs garantindo o acesso à liga milionária.

Em termos de números, aqui ficam algumas outras curiosidades:

  • Messi marcou 27 golos ao Valência ao longo da carreira em todas as competições, apenas ao Sevilha (36) e Atlético de Madrid (29), o astro argentino supera estes números;
  • O argentino participou em nove golos nas últimas quatro finais da Copa del Rey (quatro golos e cinco assistências);
  • Messi marcou 50 golos em 49 jogos em que participou na temporada 2018/2019, mais do que qualquer um das principais cinco ligas europeias;
  • O treinador do Valência, Marcelino Garcial Toral, nunca venceu o Barcelona ao longo da sua carreira ao leme de diferentes equipas em todas as competições, somando 6 empates e 14 derrotas;
  • Para Ernesto Valverde, esta é a terceira final da Copa del Rey como treinador, tendo perdido uma pelo Atlético de Bilbau, em 2014-15, e vencido na temporada passada já no banco dos catalães;
  • Em termos históricos, na Copa del Rey, Barcelona e Valência defrontaram-se por 40 vezes, com os blaugrana a vencer 22 (55%) enquanto o Valência venceu por 9 ocasiões (22,5%), sendo 9 também o número de empates (22,5%). O Barcelona marcou por 88 vezes e a equipa Che por 58.

DADOS: Opta Facts