LYON E BARCELONA LUTAM PELO TÍTULO DA UEFA WOMEN’S CHAMPIONS LEAGUE

By May 16, 2019Eleven Sports

É já este sábado que a Eleven Sports irá transmitir a final da UEFA Champions League feminina, naquela que será também uma estreia do canal de conteúdos premium de desporto no futebol feminino. Frente-a-frente estarão duas das melhores equipas da atualidade do futebol feminino mundial, as francesas do Lyon, tricampeãs europeias, e as espanholas do Barcelona, que chegam à final pela primeira vez na sua história. A não perder, às 17h deste sábado, dia 18, na Eleven  Sports 1.

Em ano de Campeonato do Mundo, a final da UEFA Champions League feminina ganha ainda mais relevo e interesse, numa modalidade em franco crescimento, que tem ganho cada vez mais adeptos e mediatismo, com uma tendência crescente de qualidade do jogo.

Com três vitórias consecutivas, as francesas do Olympique Lyonnais reúnem todo o favoritismo. Do outro lado estará o Barcelona, que se estreia na final da Champions feminina. O Lyon detém todos os recordes da competição. Tem mais vitórias (5),  mais vitórias consecutivas (3) e presenças em finais (8), tudo desde 2010. É também a primeira equipa a chegar à final em quatro épocas seguidas com o apuramento para a final desta temporada. Curiosamente, a equipa francesa não ganhou nenhum das últimas três finais no tempo regulamentar. Em 2016 e 2017 a vitória foi obtida nas grandes penalidades, enquanto na época passada a conquista da Champions foi selada no prolongamento.

As duas equipas enfrentaram-se apenas por uma vez na prova, foi nos quartos-de-final de 2017/2018, com o Lyon a levar a melhor sobre as catalãs, tanto na primeira mão, em casa, por 2-1, como na segunda, em Barcelona, por 0-1.

Do lado francês, as duas maiores estrelas são Ada Hegerberg, a avançada norueguesa que venceu este ano o Ballon D’or que teve a sua primeira versão feminina. Com apenas 23 anos, já soma quase 300 golos marcados na sua carreira, sendo a detentora do recorde de golos na UEFA Champions League feminina numa temporada, com 15 golos na época transacta. No total, já tem 41 golos na prova, sendo a sexta melhor marcadora da competição, a par de Le Sommer, colega de ataque das francesas. O outro destaque das tricampeãs é Wendie Renard, a capitã da equipa, que é o esteio da defesa e que esteve em todos os títulos do Lyon na Champions ao longo desta década, tendo marcado o golo da vitória da primeira final em 2011. É a recordista de presenças na Champions, com 81 jogos, igualada com Camille Abily, ex-jogadora do Lyon, que terminou a carreira na época passada.

Já do lado do Barcelona, os destaques são Lieke Martens, a holandesa que brilhou no Europeu de 2017 e ajudou à vitória da sua seleção na prova que decorreu no seu próprio país, e que tem uma capacidade concretizadora acima da média, e Marta Torrejón, a mais internacional de sempre pela Espanha, que lidera a defesa catalã que conseguiu sete jogos sem golos sofridos na aventura europeia desta temporada.

Um duelo que se adivinha equilibrado e emocionante e que terá lugar em Budapeste, no Estádio do Ferencvaros. A não perder, às 17h, na Eleven Sports 1.

 

Dados e Estatísticas

  • Sarah Bouhaddi, Renard e Le Sommer estiveram em todas as cinco equipas do Lyon que venceu a Champions, o recorde da prova.
  • Bouhaddi e Renard estiveram presentes nas sete finais anteriores em que o Lyon participou (mais nenhuma jogadora participou em mais finais).
  • Renard irá cumprir o seu jogo 82 na prova, um a mais que Abily. Saki Kumagai poderá ser a primeira asiática a atingir as 50 presenças e apenas a terceira não europeia após Shirley Cruz Traña and Marta.
  • Le Sommer tem 42 golos europeus pelo Lyon, apenas um a menos que o recorde de golos por um só clube na prova, que pertence a Abily, sua ex-colega quer terminou a carreira no final da última temporada.
  • O Barcelona é a 13ª equipa distinta a chegar à final e, em caso de vitória, poderá ser o oitavo vencedor.
  • A guarda-redes do Barcelona, Sandra Paños, manteve as suas redes imbatíveis nos últimos sete jogos europeus, num total de 660 minutos sem sofrer golos desde os três golos sofridos contra o BIIK-Kaygurt. As catalães levam 17 golos sem resposta consecutivos.
  • Ambas as equipas já asseguraram que estarão na Champions na próxima época graças às suas prestações domésticas.
  • Shanice van de Sanden (Lyon) e Stefanie Van der Gragt (Barcelona) venceram o Europeu 2017 juntas ao serviço da Holanda, assim como a Liga Holandesa em 2015 pelo Twente.
  • A ex-jogadora do Lyon, Kheira Hamraoui, vai falhar a final, agora que representa o Barcelona, depois de ter sido expulsa na segunda mão das meias finais contra o Bayern.
  • Esta será a 10ª final com o nome Champions League e jogada em apenas uma mão, mas será a primeira que não será disputada na mesma cidade da final masculina. Em 2020, o palco será o Viola Park em Viena, no dia 24 de maio.

 

Aqui fica o percurso de ambas as equipas na UEFA Champions League deste ano:

Lyon

16-avos de final: Avaldsnes 2-0 (fora), 5-0 (casa) (agregado: 7-0)

Oitavos de final: Ajax 4-0 (f), 9-0 (c) (ag: 13-0)

Quartos de final: Wolfsburg 2-1 (c), 4-2 (f) (ag: 6-3)

Semi finais: Chelsea 2-1 (c), 1-1 (f) (ag: 3-2)

 

Barcelona

16-avos de final: BIIK-Kazygurt 1-3 (f), 3-0 (c) (ag: 4-3)

Oitavos de final: Glasgow City 5-0 (c), 3-0 (f) (ag: 8-0)

Quartos de final: LSK Kvinner 3-0 (c), 1-0 (f) (ag: 4-0)

Semi finais: Bayern München 1-0 (f), 1-0 (c) (ag: 2-0)

 

Todas as finais da UEFA Champions League Feminina:

2017/18: Wolfsburg (GER) 1-4 Lyon (FRA) após prolongamento – Kyiv

2016/17: Lyon (FRA) 0-0, 7-6 g.p. Paris Saint-Germain (FRA) – Cardiff

2015/16: Wolfsburg (GER) 1-1, 3-4 g.p. Lyon (FRA) – Reggio Emilia

2014/15: FFC Frankfurt (GER) 2-1 Paris Saint-Germain (FRA) – Berlin

2013/14: Tyresö (SWE) 3-4 Wolfsburg (GER) – Lisbon

2012/13: Wolfsburg (GER) 1-0 Lyon (FRA) – London (Chelsea)

2011/12: Lyon (FRA) 2-0 FFC Frankfurt (GER) – Munich

2010/11: Lyon (FRA) 2-0 Turbine Potsdam (GER) – London (Fulham)

2009/10: Lyon (FRA) 0-0, 6-7 g.p. Turbine Potsdam (GER) – Getafe

UEFA Women’s Cup

2008/09: Zvezda-2005 (RUS) 1-7 (total a duas mãos) Duisburg (GER)

2007/08: Umeå (SWE) 3-4 (total a duas mãos) FFC Frankfurt (GER)

2006/07: Umeå (SWE)  0-1 (total a duas mãos) Arsenal (ENG)

2005/06: Turbine Potsdam (GER) 2-7 (total a duas mãos) FFC Frankfurt (GER)

2004/05: Djurgården (SWE) 1-5 (total a duas mãos) Turbine Potsdam (GER)

2003/04: Umeå (SWE) 8-0 (total a duas mãos) FFC Frankfurt (GER)

2002/03: Umeå (SWE) 7-1 (total a duas mãos) Fortuna Hjørring (DEN)

2001/02: Umeå (SWE) 0-2 FFC Frankfurt (GER) – Frankfurt