LEGADO DE JOHAN CRUIJFF A CAMINHO DA MADRID?

[vc_row type=”in_container” full_screen_row_position=”middle” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″ shape_divider_position=”bottom”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/1″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][vc_column_text]A primeira mão das meias finais da Champions League parece deixar portas abertas a um confronto na final de Madrid a duas equipas com a mão do lendário treinador e jogador holandês Johan Cruijff. Ajax e Barcelona estão com um pé no Wanda Metropolitano para disputarem a final da maior competição de clubes do mundo no dia 1 de junho.

Na terça-feira, o Ajax impôs-se no novíssimo estádio do Tottenham, em Londres, vencendo por 0-1 os Spurs, num resultado que deixa a formação holandesa em excelente posição para carimbar o passaporte para a final. Já na quarta-feira, o Barcelona venceu de forma contundente o Liverpool por 3-0, em mais uma exibição de luxo de Leo Messi. O resultado é, contudo, algo enganador, pois a formação inglesa fez uma excelente partida, dominando boa parte do encontro, mas a eficácia foi determinante para o resultado final.

Aqui ficam alguns dados e curiosidades a propósito dos desfechos desta 1ª mão da Champions League:

Tottenham-Ajax

  • Esta foi a terceira derrota de uma equipa inglesa em casa contra um opositor holandês nos últimos 30 jogos entre equipas de ambos os países, sendo que duas têm como denominador comum o Tottenham, que em 2008 perdeu também com o PSV.
  • Nas últimas 17 vezes em que uma equipa perdeu uma meia-final da Champions League em casa, na primeira mão, apenas por uma a equipa derrotada seguiu para a final e foi precisamente o Ajax, em 1995-96.
  • O Ajax marcou em nove jogos consecutivos fora na Champions League, um recorde para os holandeses nesta competição.
  • Esta foi a quarta vitória seguida fora dos holandeses, ainda assim aquém do seu melhor registo na prova, que é de sete vitórias consecutivas fora de portas.
  • Os Spurs levavam 20 jogos seguidos a faturar na Champions, pelo que esta é a primeira vez que ficam em branco desde 2016 frente ao Leverkusen, quando perderam 0-1.
  • O Ajax já marcou 161 golos esta temporada na soma de todas as competições em que participou, mais 63 que o Tottenham com 98.

Barcelona-Liverpool

  • Messi marcou ontem o golo 600 da sua carreira, 14 anos depois do seu primeiro golo com a camisola da equipa principal do Barcelona contra o Albacete em 2005.
  • Com a vitória de ontem, o Barcelona extendeu a sua série sem derrotas em casa para 32 jogos onde registou apenas três empates. Esta foi a primeira vitória de sempre dos culés em casa contra o Liverpool, à quinta tentativa.
  • O resultado de ontem fez com que o Liverpool iguala-se a sua pior derrota na prova, igualando o resultado contra o Real Madrid em 2014, também de 0-3.
  • O Liverpool perdeu pela sexta vez consecutiva numa meia-final europeia, quatro das quais na Champions League.
  • O Barcelona atingiu os 502 golos na competição sendo o segundo clube a conseguir essa marca, atrás do Real Madrid com 551.
  • Luis Suarez marcou o seu primeiro golo na Champions League na temporada 2018/2019, ao 36º remate. O último golo que tinha marcado foi contra a Roma, na época passada, e o guarda-redes era também Alisson.
  • Messi marcou ontem o seu 26º golo contra formações inglesas, mais 14 do que qualquer outro jogador. E com o seu primeiro golo de sempre ao Liverpool, encontrou a sua 32ª vítima na Champions, um registo que apenas Raul supera ao ter marcado a 33 equipas distintas ao longo da sua carreira. De referir ainda que Messi marcou o seu 8º golo de livre direto esta época, o dobro do que qualquer outro jogador nas cinco principais ligas europeias.
  • O Liverpool somou a 4ª derrota na Champions em 2018/2019 (4 em 11), mais uma do que nas restantes competições em que participou (3 em 38).

DADOS: Opta Facts[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]