CHAMPIONS LEAGUE – QUARTOS DE FINAL DE LOUCOS

By April 18, 2019Liga dos Campeões

Seria difícil pedir uns quartos de final mais emocionantes. Muitos golos, jogos de cortar a respiração, com muita incerteza e golos. Muitos golos. 18 no total. Em apenas quatro jogos, o que dá uma média de mais de 4 golos por jogo.

Comecemos pela mais emocionante de todas as partidas, o City-Tottenham. Aos 11 minutos já se tinham marcado quatro golos, com o Tottenham a responder ao golo inaugural dos citizens com um bis do coreano Son. Mas Bernardo Silva voltava a empatar ainda antes do quarto de hora, num jogo impróprio para cardíacos. Com um ritmo alucinante e jogo de ataque constante, ainda haveria tempo para mais um golo, antes do intervalo, com o City a ficar a apenas um golo do apuramento. E esse golo surgiu mesmo dos pés do argentino Aguero colocando o City em situação de apuramento.

O pior para a equipa de Guardiola chegaria a cerca de 15 minutos do final, com o espanhol Fernando Llorente a reduzir para 4-3, num lance polémico que obrigou à revisão do mesmo no VAR, mas onde o árbitro turco da partida acabaria por validar por entender que não tinha havido mão do gigante espanhol. O City carregou com tudo até final e chegaria nos descontos ao golo que valeria o apuramento. A festa foi enorme… até o VAR ter dado indicação de offside de Aguero e o balde de água fria gelou o Ettihad com os Spurs a conseguirem apurar-se para as meias-finais contra todos os prognósticos.

Outro jogo para mais tarde recordar foi o Juventus-Ajax. Cristiano Ronaldo marcou cedo parecendo indicar que os italianos iriam conseguir eliminar a equipa sensação desta Champions. Porém, os holandeses voltaram a dar um verdadeiro tratado de como jogar futebol. Depois de o terem feito nos oitavos ao tricampeão europeu Real Madrid, o Ajax gelou o Allianz Stadium com mais uma exibição soberba, virando o resultado para 1-2 e reduzindo a Juventus a cinzas com um domínio a toda a linha e um futebol total a fazer lembrar o pai deste tipo de futebol, Rinus Michels. E assim, mais de duas décadas depois, o Ajax volta a atingir as meias e parece entrar como favorito frente aos ingleses do Tottenham.

A outra meia-final será entre as duas equipas que parecem recolher todo o favoritismo agora e as que acabaram por passar a esta fase da Champions de forma mais tranquila. O Barcelona venceu em Camp Nou o Manchester United por 3-0, em mais uma grande exibição de Messi, que com dois golos matou qualquer esperança dos ingleses de repetirem o feito dos oitavos em Paris, onde depois de derrota caseira conseguiram virar a eliminatória.

Já o Liverpool, apesar de uma entrada pressionante do FC Porto no Dragão, acabou por conseguir uma vitória muito confortável por 1-4 demonstrando o porquê de ser a par dos catalães o maior candidato a vencer a Champions.

Daqui por quinze dias começará a fase da Champions que decidirá quem irá estar em Madrid, no Wanda Metropolitano, no dia 1 de Junho. O melhor futebol do mundo em quatro partidas com equipas de ataque, o que é uma promessa de muitos golos e espectáculo. Que em Portugal apenas poderão ser vistas em direto, exclusivo e em Full HD, nos canais Eleven Sports nos dias 30 de Abril e 1 de Maio, a primeira mão, e nos dias 7 e 8 de Maio, a segunda.