VITÓRIAS DIVIDIDAS NO ARRANQUE DA F2

By April 2, 2019Fórmula 2

Nicolas Latifi e Luca Ghiotto dividiram as vitórias no circuito de Sakhir no Bahrain, onde este fim-de-semana teve início a terceira temporada da Fórmula 2.

Na primeira corrida o italiano da Virtuosi largava da pole position, mas um problema com a embraiagem fê-lo cair para o sexto lugar na abordagem à primeira curva. Quem beneficiou foi Louis Delétraz que assumiu a liderança da corrida. No entanto, o traçado de Sakhir é muito exigente ao nível dos pneus e o melhor equilíbrio do carro da DAMS permitiu a Nicolas Latifi assumir o comando e manter essa posição após a paragem obrigatória para a troca de pneus. Ghiotto foi recuperando lugares e terminou em segundo atrás do canadiano, mas com um “amargo de boca”, pois sentiu que sem o problema da largada teria tido condições para vencer. O derradeiro degrau do pódio ficou para o outro carro da DAMS, o de Sérgio Sette Câmara, com o brasileiro a queixar-se da má qualificação e do facto de ter largado apenas de oitavo, o que segundo ele lhe poderá ter custado um lugar mais acima. Com os pneus a degradarem-se rapidamente nas últimas voltas os restantes lugares pontuáveis estiveram em aberto até ao final. Anthoine Hubert foi o melhor rookie ao fechar no quarto lugar, na frente de Louis Delétraz, Nick de Vries, Jack Aitken e de Mick Schumacer, que na última volta ganhou cinco segundos a Nobuharu Matsushita, e que para além de garantir o oitavo lugar assegurou a pole position para a corrida de domingo. Atrás do japonês e a somar o último ponto em jogo ficou Guanyu Zhou.

Domingo a corrida prometia animação, especialmente devido novamente ao esperado desgaste de pneus. Mick Schumacher saiu da pole position, mas rapidamente Luca Ghiotto, que largou de sétimo chegou ao comando e começou a impor um ritmo que ninguém conseguia seguir, pois quase toda a gente apostava em fazer toda a corrida sem parar confiando nos pneus de mistura média da Pirelli. Mas para isso tinham de optar por um ritmo conservador. Já o italiano usou uma estratégia diferente e sensivelmente a meio da corrida, parou para trocar pneus calçando um jogo de pneus macios com apenas uma volta rápida na qualificação. Com isso, apesar de ter caído para fora do “top ten”, rapidamente começou a ganhar posições, uma vez que rodava cerca de quatro segundos mais rápido que os pilotos que optaram por não parar. Desta forma chegar ao comando era uma questão de tempo e Luca Ghiotto acabou mesmo por vencer a corrida na frente dos dois carros da DAMS assumindo desta forma a liderança do campeonato. Sette Câmara e Latifi ficaram com os outros dois degraus do pódio. Demonstrando que pelo menos no Bahrain a formação de Jean-Paul Driot e a Virtuosi estavam um passo à frente da concorrência, Guanyu Zhou saiu de décimo para terminar em quarto. Louis Delétraz repetiu o quinto lugar da primeira corrida, ficando na frente de Mick Schumacher, Nick de Vries e Jordan King, este autor de uma corrida espectacular, também com paragem para troca de pneus, que o trouxe do 17º lugar à partida até ao oitavo lugar e ao último ponto em discussão. De recordar que na segunda corrida pontuam apenas os oito primeiros.

No final do mês, entre 26 e 28, a Fórmula 2 regressa aos canais Eleven Sports com a jornada de Baku.