FERRARI FOI A ÚLTIMA “EM SEMANA LOUCA”

By February 17, 2019Formula 1

A marca italiana foi a última a apresentar o monolugar com o qual vai correr a temporada de 2019 da F1. O SF90 foi apresentado na passada sexta-feira de manhã e o vermelho continua a ser a cor predominante do monolugar que esta temporada vai ter Sebastien Vettel e Charles Leclerc como pilotos.

A apresentação durou pouco mais de 25 minutos e foi transmitida para todo o mundo através do sítio oficial da Scuderia. O nome do monolugar deriva das comemorações dos 90 anos da marca do cavalinho, que conta esta temporada com um novo diretor de equipa Mattia Binotto.

É possível verificar que a Ferrari optou por aberturas de ar mais estreitas, tentando melhorar a aerodinâmica, na procura de levar a melhor sobre a grande rival Mercedes.

 

View this post on Instagram

 

The wait is over! Here is the #SF90 Discover all contents at SF90.ferrari.com #essereFerrari #ScuderiaFerrari

A post shared by Scuderia Ferrari (@scuderiaferrari) on

A marca alemã primou pela diferença já que apresentou o seu carro em Silverstone. O Mercedes W10 rodou na pista britânica às mãos de Valtteri Bottas e Lewis Hamilton. Os primeiros quilómetros foram cumpridos pelo piloto finlandês e os restantes foram pelo campeão do mundo. O W10 continua a apresentar na sua maioria a cor prata com uma maior predominância do azul marinho.

 

 

 

 

 

 

 

View this post on Instagram

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nine modern-day @MercedesBenz @F1 cars have come before it. Now, W10’s journey begins… #WelcomeW10 A post shared by Mercedes-AMG F1 (@mercedesamgf1) on

Outro dos carros que apresenta uma grande mancha azul é o novo FW42 da Williams Racing. A equipa britânica apresentou o monolugar na segunda-feira e conta também com um novo patrocinador que aparece também no nome da equipa. A equipa continua a ser gerida pela filha de Sir Frank Williams – um dos mais icónicos pilotos da F1 de todos os tempos –, Claire Williams. O coração da máquina continua a ser Mercedes.

  Ainda na segunda-feira foi a vez da segunda equipa da Red Bull, a Toro Rosso apresentar o STR14. A apresentação foi também ela inovadora e toda feita recorrendo à tecnologia 3D. O azul continua a ser a cor predominante tal como a lista vermelha e a predominância do touro da marca de bebidas energéticas. Também o irmão mais velho e robusto foi apresentado esta semana. O RB15 mostrou-se ao mundo com três cores, roxo, preto e vermelho. São as cores com as quais o monolugar de Max Verstappen e de Pierre Gasly vai ser rodado na batelada de testes em Barcelona. O motor continua a ser Aston Martin e a dúvida que persiste é: será esta a pintura que holandês e francês vão utilizar nos 21 GP da temporada?     Ainda no mesmo dia a Racing Point apresentou a sua “pantera cor de rosa”. A marca anteriormente conhecida como Force India, apresenta-se ao mundo mantendo a cor mas com um novo nome: SportPesa Racing Point. Depois de adquirida por Lawrence Stroll, a equipa terá Sérgio Perez e Lance Stroll como pilotos. O motor é também ele Mercedes.

 

 

 

 

 

 

 

View this post on Instagram

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Feast your eyes on this! We’ll show you the car in the flesh next week! . . . #F1 #Formula1 #2019 #WeAreRacing #FW42 #ROKiT A post shared by ROKiT Williams Racing (@williamsracing) on

A Renault apresentou o RS19. A “abelha” vai ser conduzida por Danni Ricciardo que trocou a Red Bull pela marca francesa e por Niko Hulkenberg. O piloto alemão continuará com o número 27. A Renault acredita que fez grandes progressos com o motor e acreditam que em 2021 vão voltar às vitórias das corridas.

 

View this post on Instagram

 

2019 Launch done ✅ Here’s a look behind the scenes! #RSspirit

A post shared by Renault F1 Team (@renaultsportf1) on

A última equipa a apresentar-se será a Alfa Romeo Racing, antiga Sauber, que terá um monolugar com motor Ferrari. Kimmi Raikkönen será o piloto principal.